A cantora Clara Pinheiro se coloca à frente da produção artesanal e caseira de uma das mais ritualísticas comidas brasileiras, o acarajé.

Importada da África pelos escravos, a iguaria ganhou espaço na culinária brasileira, e hoje é recheado com vatapá, caruru, camarão e salada, e é considerada uma comida sagrada.

No Candomblé, por exemplo, é comida de santo, e ofertada a Iansã.

Para divulgar a produção, ela preparou um evento chamado “Acarajé da Cantora”. Ele rola nesta sexta-feira (2), dia de Iemanjá, no Tabuleiro da Calçada, na Vila de Ponta Negra.

Vai ter acarajé tradicional e vegano à venda.  Para temperar o evento, a banda Zé Caxangá e Seu Conjunto foará um show com repertório recheado de música brasileira.

Pode esperar no rolé: cerveja gelada, comida boa, drunks e um mergulho no universo afrobrasileiro. O evento começa a partir das 18h e o bar fica na R. Santo Euzébio. A entrada é gratuita.

Serviço:

Tabuleiro Na Calçada/O Acarajé da Cantora
Acarajé Tradicional.
Data: dia 02/02 a partir das 18hs
Show Zé Caxangá e seu conjunto
Entrada gratuita.
Endereço: R. Santo Euzebio, 09. Vila de Ponta Negra.